A Lei nº. 8213/91, trata das cotas para Deficientes e Pessoas com Deficiência, prevendo a garantia de acesso ao trabalho para tais pessoas, determinando que empresas com mais de 100 (cem) empregados mantenham em seu quadro de funcionários as seguintes cotas:

• de 100 a 200 empregados, 2%;

• de 201 a 500 empregados, 3%;

• de 501 a 1.000, 4%;

• e acima de 1.000 funcionários, 5%

 

Na WELLMIND acreditamos que a inclusão faz parte de um compromisso ético de respeitar a diferença, promover a diversidade e reduzir as desigualdades sociais. 

 

 

Entendemos que esse compromisso nem sempre é fácil, demandando, muitas vezes, a superação de inúmeras barreiras. É por isso que nos propomos a trabalhar junto com sua empresa em um programa mais abrangente que promova a inclusão e não somente o cumprimento da Lei. Muito mais que manter no emprego uma pessoa com deficiência, estimular seu crescimento e atuação de maneira produtiva, e dar-lhe condições para o desenvolvimento profissional.

Mapeamento

Nesta etapa é feito um mapeamento:

  • da história do seu negócio, missão, visão, valores

  • dos cargos que você possui na sua empresa, e quais cargos e postos já estão preparados para atender  a alocação de um funcionário com deficiência; quais cargos poderiam ser adaptados para tal; quais as competências necessárias para estes portos

  • das condições de segurança, condições de acessibilidade e estudo de viabilidade de alterações estruturais quando e se necessário

Políticas e Procedimentos de Gestão

A partir da coleta de informações da primeira etapa, criamos:

  • estratégias de atração e contratação

  • definição de atribuições de forma clara

  • treinamentos adequados possibilitando o reconhecimento de potencialidades e desenvolvimento de habilidades, fazendo com que o funcionário com deficiência tenha responsabilidades e seja produtivo como qualquer outro funcionário

  • avaliação de desempenho adaptada com indicadores e metas definidas

  • procedimento de condução de um desligamento do profissional com deficiência

  • procedimento de acompanhamento periódico do funcionário com deficiência, abrangendo aspectos psicológicos, monitoramento de dados de saúde e revisão de procedimentos de segurança, instalações e equipamentos

  • adaptação de manuais de colaborador, meios de comunicação e políticas de gestão para incluir, atender e respeitar as necessidades do funcionário com deficiência

Conscientização

Para que a inclusão realmente ocorra é necessário entender que o tema é multidisciplinar e que todos estejam envolvidos na quebra de paradigmas e no respeito pela diversidade, assim faz parte do programa a orientação de forma diferenciada às seguintes áreas:

  • Recursos Humanos

  • Segurança e Medicina do Trabalho

  • Lideranças e Gestores de Pessoas

  • Todos os funcionários da empresa

Please reload

Apesar de parecer muito complicado implantar um programa de inclusão, os resultados valem a pena, pois garantem que os esforços da empresa para manter a determinação legal atendida, tragam resultados de produtividade, dever ético cumprido e bem-estar social.

Sobre

Na WellMind trabalhamos para conectar pessoas e organizações com o bem-estar em mente. Acreditamos no potencial humano, na atenção a saúde mental e no desenvolvimento de competências comportamentais através da psicoeducação.

Links Importantes

Código de Ética do CFP

Resolução CFP N° 011/2012

Conselho Regional Santa Catarina

Conselho Federal de Psicologia - cadastro de sites aprovados pelo conselho para exercício dos atendimentos

Contato

contato@wellmind.com.br

+55 47 9 9931-2091

Rua XV de Novembro, Ed. Hering, nº. 759

Sala 1004, Centro, Blumenau

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

WELLMIND PSICOLOGIA E GESTÃO DE PESSOAS CRP 12/0527 - PJ