"Eu me sinto triste o tempo todo, coisas boas não tem acontecido para mim e às vezes penso que eu não faria muita falta a ninguém. Sinto-me exausto, sem esperança e desamparado".

Tristeza é uma emoção humana normal. Todos nos sentimos tristes ou “para baixo” às vezes. Há muitas palavras diferentes para descrever esses sentimentos, incluindo sentir-se infeliz, triste, “pra baixo” ou “na fossa”.

O sentimento de tristeza faz parte da vida e pode ser desencadeado por: uma desilusão amorosa, a perda de um emprego, a morte de um familiar e outras situações que sejam percebidas como negativas pela pessoa.

 

Quando estamos tristes ou com humor baixo nosso corpo pode ser afetado de várias maneiras. Veja alguns efeitos:

3. Alterações no comportamento:

 

Alguns exemplos incluem tornando-se mais irritável, evitando pessoas e lugares. Procrastinar ou deixar de cumprir compromissos. Deixar de realizar atividades que você gostava de fazer, não recebendo o mesmo prazer de suas atividades usuais. Pode sentir uma necessidade maior de fazer uso de álcool ou outras drogas.

4. Sintomas emocionais:

 

Alguns exemplos incluem sentir-se triste/infeliz, sentir um “vazio” desapontado, culpado e/ou inútil, indeciso, irritável, sobrecarregado, e frustrado.

1. Alterações no pensamento:

 

Alguns exemplos incluem ter pensamentos de desespero ou desamparo sobre você e o futuro. Tendo pensamentos autocríticos e negativos sobre você, sua aparência, personalidade, capacidades e sobre as coisas que acontecem na sua vida. Pode haver dificuldade em se concentrar, ter pouca atenção e dificuldades de memória.

2. Sintomas físicos:

 

Alguns exemplos incluem cansaço ou exaustão, dores de cabeça e musculares, imunidade baixa ou estar/sentir-se doente, perda ou mudança de apetite, redução do interesse sexual. Pode haver perda ou ganho significativo de peso, problemas no sono como insônia ou muito sono, agitação ou retardo psicomotor.

Todos nós nos sentimos tristes ou “para baixo” de tempos em tempos e por isso é fácil se identificar com alguns desses sintomas e isso não quer dizer necessariamente que você tenha depressão. Da mesma forma, nem todos que tem depressão terão todos esses sintomas. A intensidade e duração da tristeza podem ser sentidas de maneira diferente de uma pessoa para outra, ou de situação para situação. Porém, há diferenças muito significativas entre se sentir triste e ter um transtorno depressivo.

 

O que é um transtorno depressivo?

 

A depressão maior (nome clínico da depressão) é diagnosticada, por um profissional da saúde como um médico ou psicólogo, quando os sintomas de tristeza são graves. Eles devem estar presentes na maior parte do dia, quase todos os dias, por pelo menos duas semanas consecutivas e interferir na vida normal causando sofrimento e prejuízo significativo na esfera social, profissional ou outras áreas importantes de vida. Embora o diagnóstico já possa ser realizado a partir de duas semanas, as pessoas podem sofrer durante meses ou anos antes de

buscar tratamento. Algumas pessoas com depressão, apesar de prejuízos que podem ocorrer nas áreas de vida, podem aparentar ter um funcionamento normal, mas exige da mesma um esforço extremamente maior e acompanhado de muito sofrimento para manter essa aparência.

Muitas pessoas têm sintomas que aumentam e diminuem ao longo do tempo. Ou que persistem por longo período de uma forma menos severa, como no caso da Distimia.

 

Distimia é um tipo de transtorno depressivo persistente similar à depressão maior, mas com sintomas menos severos, porém com duração mais longa. Com um humor deprimido que compromete as atividades sociais e profissionais, baixa-autoestima, insatisfação consigo e com a vida, entre outros sintomas similares a depressão, por um período mínimo de dois anos.

 

A depressão é uma condição séria. Muitas vezes nos faz sentir desesperados e desamparados e podem levar a pensamentos recorrentes de morte, pensamentos suicidas com ou sem planos específicos para cometer suicídio. Se você está tendo tais pensamentos, entre em contato com a CVV – Centro de Valorização da Vida (141) ou acesse https://www.cvv.org.br/ . Você pode entrar em contato com seu médico, psicólogo ou outro profissional de saúde, ou ainda uma pessoa da família. Se você precisar de assistência imediata, disque 193 (Emergência). Lembre-se, a Depressão pode ser tratada.

Mais de 12 milhões de brasileiros vivem com depressão de acordo com o último relatório (2017) da Organização Mundial da Saúde – OMS. Ter depressão ou estar em um humor depressivo, não significa que você é fraco, mas que você ainda não aprendeu sobre os sintomas e habilidades para gerir os mesmos. Os próprios sintomas da depressão podem dificultar a recuperação das pessoas, por isso não é incomum que a pessoa tente o tratamento várias vezes, ou seja incentivado pela família e amigos para buscar um tratamento, muitas vezes não conseguindo tomar essa medida como uma iniciativa própria. A depressão também pode ocorrer com um transtorno de ansiedade, o que pode dificultar a recuperação.

 

Mesmo pessoas com sintomas de humor baixo e tristeza, mas que não têm transtornos depressivos, podem se beneficiar da psicoeducação e tratamento. Aprender a reconhecer os sintomas e as habilidades para gerir essa emoção é uma intervenção preventiva - podendo impedir que os sintomas se tornem graves.

 

O tratamento psicológico consiste na investigação das causas e modificação: de comportamentos; humor e percepção se si mesmo, do mundo e do futuro. As pesquisas mostram que a Terapia Cognitiva Comportamental é muito eficiente no gerenciamento, redução de sintomas de depressão e combate ao transtorno com resultados duradouros.

Sobre

Na WellMind trabalhamos para conectar pessoas e organizações com o bem-estar em mente. Acreditamos no potencial humano, na atenção a saúde mental e no desenvolvimento de competências comportamentais através da psicoeducação.

Links Importantes

Código de Ética do CFP

Resolução CFP N° 011/2012

Conselho Regional Santa Catarina

Conselho Federal de Psicologia - cadastro de sites aprovados pelo conselho para exercício dos atendimentos

Contato

contato@wellmind.com.br

+55 47 9 9931-2091

Rua XV de Novembro, Ed. Hering, nº. 759

Sala 1004, Centro, Blumenau

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

WELLMIND PSICOLOGIA E GESTÃO DE PESSOAS CRP 12/0527 - PJ