Please reload

Posts Recentes

COMO EU DIGO AOS MEUS PAIS QUE PRECISO DE AJUDA COM MINHA SAÚDE MENTAL OU EMOCIONAL?

 

 

O cuidado com a saúde mental e emocional é importante em qualquer idade, não importa se você tem oito ou oitenta anos. Mas, se você é menor de idade pode parecer mais difícil para você conseguir ajuda com a sua saúde mental e emocional. Muitos adolescentes dizem que eles acham que precisam de ajuda, mas não sabem como ou tem medo de contar isso aos pais.

Se você está passando por isso, talvez você esteja se sentindo envergonhado em admitir que algumas coisas são mais difíceis ou dolorosas para você do que para outras pessoas. Talvez você esteja com raiva de você mesmo por achar que deveria dar conta das coisas. Mas, a primeira coisa que eu quero que você saiba, é que não tem nada de anormal ou vergonhoso em precisar de ajuda em saúde mental, mesmo que você seja menor de idade. É compreensível que você sinta que algumas coisas são grandes ou confusas demais para lidar sozinho e talvez você sinta que está sozinho, e que ninguém esteja percebendo sua dificuldade, mas isso acontece porque só você sabe como está se sentindo por dentro e é preciso compartilhar a dificuldade para obter ajuda.

 

Como adultos e experientes seus pais podem te ajudar com o que você está passando. Eles são responsáveis em analisar e orienta-lo. Para te ajudar nessa conversa inicial, veja aqui algumas dicas de como falar com seus pais.

 

  • Pense e tente descrever para você mesmo os motivos que te fazem acreditar que você precisa de ajuda. Uma parte da ansiedade pode vir porque você acredita que não vai conseguir dizer como está se sentindo. Seria bom se você conseguisse descrever o que sente. Você pode até levar para conversa algum material impresso, se você achar que ajudaria.  Mas, saiba que questões relacionadas a saúde mental e emocional nem sempre são fáceis de explicar. Você não precisa explicar tudo com exatidão. Você apenas precisa que eles saibam que você não está conseguindo lidar com algumas coisas sozinho.

 

  • Se prepare mentalmente para conversa: seus pais não são perfeitos e podem ficar confusos ou com medo. Não reaja ao que eles dizem com frustração, raiva ou receio, escute com atenção (se coloque no lugar deles, eles estão preocupados com seu filho). Veja algumas situações abaixo:

 

Falta de Entendimento e Muitas Perguntas: é natural que seus pais queiram saber de todos os detalhes. Isso porque eles se importam com você. Pense antecipadamente quais informações você se sente confortável em compartilhar. Desse modo poderá responder diretamente algumas perguntas. Se você preferir, pode dizer quando você não se sente à vontade para compartilhar. Razão pela qual, realmente gostaria de dividir com outra pessoa fora da família, que tenha conhecimento e experiência profissional, ajudando-o com o que está sentindo. 

 

Falta de Entendimento e Julgamento: pode acontecer de “pensarem em voz alta” que você tem as melhores condições (casa, escola, amigos, etc.) e que você não deveria estar se sentindo assim. Embora muitos fatores estejam envolvidos em questões relacionadas a saúde mental e emocional, para ajudar na conversa, você pode responder que eles estão certos e que você concorda que talvez não deveria estar se sentindo dessa forma, diga que é justamente por isso que você sabe que precisa de ajuda.

 

Falta de Entendimento e Minimizar o Problema: pode acontecer de “pensarem em voz alta” que a adolescência é uma fase complicada, mas que logo passa. Se isso acontecer, você pode dizer que entende o que eles estão falando. Porém, acredita que não é o caso e que isto está impactando muito a sua vida e por isso deseja ajuda.

 

Falta de Entendimento e Culpando suas habilidades de pais: pode acontecer de “pensarem em voz alta” que talvez eles tenham feito algo errado. Se isso acontecer você pode explicar que você não está dizendo que a culpa é deles, e justamente por isso precisa de ajuda para você.

 

 

  • Encontre o momento certo: procure conversar com eles em um momento tranquilo e no qual eles possam prestar total atenção a você. Policie-se apenas para não deixar que o medo te faça adiar a conversa.

 

  • Inicie a conversa: você pode dizer coisas como “eu preciso falar com vocês sobre como tenho me sentido ultimamente ou sobre dificuldades que eu estou tendo”; “eu estou me sentindo de tal maneira e não tenho conseguido lidar com isso sozinho, está sendo um momento confuso e sinto que preciso falar com um profissional da área”. Você pode iniciar a conversa perguntando aos seus pais se eles já se sentiram da forma como você está se sentindo, exemplo: deprimidos ou ansiosos, ou até mesmo se tiveram um momento em suas vidas em que se sentiram tristes, desesperados ou estressados. Isso pode ajudar a prepará-los para que te entendam melhor.

 

 

Outras Dicas:

  • Você pode pedir ajuda de um outro adulto para te ajudar nessa conversa, como uma madrinha, padrinho, avós, o conselheiro da escola ou o médico que você costuma ir.

  • Se você estiver muito ansioso ou achar que seus pais poderiam reagir melhor se tivessem um tempo para pensar a respeito. Você pode escrever uma carta, que lhe permite expressar tudo o que deseja sem ter a pressão de uma conversa imediata.

 

 

Respire fundo e vá em frente, muitas vezes é difícil até mesmo para o adulto se abrir sobre sua saúde mental e emocional, mas a ciência mostra que a fala ainda é a melhor maneira de organizar os pensamentos e sentimentos e de cuidar de nosso bem-estar em mente.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Agende sua Consulta
Please reload

Procurar por tags

contato@wellmind.com.br

Telefone e Whatsapp:

(47) 9931-2091

Endereço: Rua XV de Novembro, 759, Sala 1004, Ed. Hering, Centro, Blumenau/SC

Sobre

Na WellMind trabalhamos para conectar pessoas e organizações com o bem-estar em mente. Acreditamos no potencial humano, na atenção a saúde mental e no desenvolvimento de competências comportamentais através da psicoeducação.

Links Importantes

Código de Ética do CFP

Resolução CFP N° 011/2012

Conselho Regional Santa Catarina

Conselho Federal de Psicologia - cadastro de sites aprovados pelo conselho para exercício dos atendimentos

Contato

contato@wellmind.com.br

+55 47 9 9931-2091

Rua XV de Novembro, Ed. Hering, nº. 759

Sala 1004, Centro, Blumenau

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

WELLMIND PSICOLOGIA E GESTÃO DE PESSOAS CRP 12/0527 - PJ